Estatinas e Colesterol: solução ou problema?

Criada para substituir os convencionais medicamentos para controle de colesterol, que simplesmente inibiam a absorção do colesterol pelo intestino e tinham diversos efeitos colaterais além de não reduzir de forma satisfatória o colesterol sanguíneo, as estatinas inibem a produção do colesterol pelo fígado, sendo as mais comuns a Sinvastatina, Atorvastatina e Rosuvastatina.

estatinaO “problema” das Estatinas está no seu mecanismo de ação. Ela atua na a enzima HMG-CoA redutase, inibindo não só a produção de Colesterol mas também a de Coenzima Q10 (CoQ10), um importante antioxidante mitocondrial. As consequências da depleção de CoQ10 são severas, tais como: aumento dores musculares (principalmente em membros inferiores), perda de memória, sexuais (impotência), infertilidade em homens, fraqueza, aumento da produção de radicais livres e estresse oxidativo, e muito mais.

impotencia-sexual

Lembre-se que o colesterol é vital para nosso cérebro (mais da metade do córtex cerebral é colesterol!), memória, produção de hormônios sexuais como testosterona, estrogênio e progesterona, regulação de glicemia, ou seja, colesterol é essencial a vida! Quando os níveis de colesterol ficam muito baixos os problemas começam a aparecer, por exemplo: receptores de serotonina não conseguem executar suas funções, podendo predispor o surgimento de depressões.

colesterol2Quero deixar claro que não sou contra o uso de Estatinas. Esse medicamento é de grande importância em alguns casos e realmente deve ser usado após criteriosa avaliação clínica. Eu realmente sou contra o uso indiscriminado que vemos nos dias de hoje, onde o remédio é visto como única forma eficaz para o controle de colesterol. Pessoas iniciam seu uso sem tentar nenhuma mudança de estilo de vida, tais como: alimentação saudável e prática de atividade física. Simplesmente querem continuar fazendo o que fazem esperando uma pílula mágica que resolva todos os problemas sem esforço algum. Talvez 90% das pessoas pudessem obter grande melhora alimentando-se de forma adequada, sem esse monte de lixo industrializado que se come atualmente. E aos que já usam ou terão que usar, lembre-se: a suplementação de CoQ10 É FUNDAMENTAL! Procure um nutricionista para orientá-lo!

Preocupado em reduzir demais seu colesterol? Preocupe-se mais com a ingesta de “alimentos” industrializados. Eles, sim, podem ser o grande vilão da sua saúde. Descasque mais e desembrulhe menos…

Supermarket

Gostou do texto? Tem algum assunto que gostaria de saber mais? Deixe suas sugestões!


Ramon R. Nicotari
Nutricionista CRN 31139

CONSULTAS
Celular / WhatsApp: +55 (16) 99241-9663
email: ramon.rrn@gmail.com

Facebook: /ramonnicotarinutricionista
Instagram: @ramonnicotari
Snapchat: ramonnicotari

Curta e compartilhe!

Anteriores

Cookie Low Carb

Próximo

Petit Gateau Protéico Low Carb

2 Comentários

  1. Larissa

    Fantástico e assustador. Minha médica me passou isso pra controlar o colesterol que deu um pouco acima. Então pelo que li é desnecessária essa neura. Adorei o texto, muito esclarecedor!

    • Olá, Larissa!
      É sempre importante verificar o quão elevado está o colesterol e as causas disso, que podem ser desde alimentação, estilo de vida, tireoide ou até mesmo uma causa genética. A avaliação de outros exames laboratoriais junto também é essencial.
      Se você tem dúvidas sobre a real necessidade do medicamento, converse com sua médica sobre o assunto. Caso o uso realmente seja necessário, procure um nutricionista para orienta-la quanto à alimentação e verificar a suplementação de CoQ10.
      Um abraço e fico feliz que o texto tenha ajudado 🙂

Deixe uma resposta

Tecnologia WordPress Por Américo Fabrício

error: Content is protected !!