A famosa “jacada”. É interessante fazê-la?

Falar sobre esse assunto é um tanto delicado, então senta aí que a história vai ser longa 😛

Antes de começarmos vamos entender o seguinte. O termo correto é “REFEIÇÃO Lixo” e não “DIA do lixo”. Pois DIA do lixo significaria comer tudo e qualquer coisa desde o momento que acorda até a noite. Isso não tem lógica alguma, é um exagero sem tamanho, convenhamos.

Outra coisa. Qual o real motivo que leva você a jacar? É uma simples vontade de comer algo diferente que se privou a semana toda? É ter a flexibilidade de sair com seu parceiro para jantar e comer algo diferente? É se reunir com a família e comemorar? Ou é simplesmente vontade de se entupir de lixo até passar mal, pois está triste, brigou com alguém, crises compulsivas etc?  Se sua resposta foi essa última, seu problema está no comportamento e deve ser tratada com um profissional capacitado.

Source: The Rock/Twitter

A idéia desse texto veio depois que, no último domingo, finalizei a pós-graduação (aula sobre carboidratos, hehe) e fui comer a coisa que mais gosto nesse mundo, PIZZA! 😎  Nossa nutri, mas você gosta dessas coisas terríveis?? Engraçado as pessoas pensarem que por eu ser Nutricionista e pregar a boa alimentação não gosto de algumas coisas consideradas “não saudáveis”. Uma coisa é saber que aquilo não é bom e optar por não comer, outra é não gostar. Oras, na minha infância eu comia biscoito recheado todos os dias, cachorro quente toda semana, impossível eu não gostar. Eu não como pela força de vontade e porque sei dos malefícios.

Sem mais delongas, vamos ao que realmente interessa!

Refeição lixo é necessária?

Para a tristeza de muitos, não! Ela não é nem nunca será necessária. Existe a idéia que a refeição lixo quebraria um “platô” metabólico que impede que a pessoa perca mais peso por exemplo. Oras, existe inúmeras formas de fazermos isso, oscilação calórica, Carb Up etc. Mas isso pode ser feito com comida de verdade, ninguém precisa tomar 2 litros de refrigerante e comer uma pizza para fazer esse “choque” metabólico. São tantas as possibilidades, comer lixo não é desculpa.

Agora, se pensarmos na necessidade de fazer o lixo para sair da rotina, aí sim a coisa muda de figura. É o que eu faço, eventualmente como coisas que jamais comeria na rotina, mas isso deve ser esporádico, em uma única refeição e apenas se você seguir a dieta 100% durante todos os outros dias! Parece óbvio? Mas não é! Vejo muita gente que dá uma escapadinha aqui, outra ali, e se acha no direito de jacar 1x/semana, tenha santa paciência.

Jaquei! E agora, tem como compensar?

Se for pra jacar e tentar compensar que nem maluco com estratégias mirabolantes, sugiro que nem faça sua jaca. “Jacou tá jacado”, o estrago vai ser feito, em maior ou menor grau.

Tem como a gente amenizar, reduzir o impacto. Talvez um jejum no dia seguinte, atividade física intensa, atividade física em jejum (AEJ), estratégias com compostos bioativos específicos etc, mas isso vai depender do que você vai comer na sua jaca e da quantidade que comeu. Vai jacar comendo o que: carboidratos, gorduras, produtos industrializados? Para cada tipo de jacada existe uma estratégia. No consultório eu oriento individualmente para como se comportar em cada uma delas. Só não vale esperar que essa estratégia faça milagre, muito menos ficar sentado no sofá.

O prejuízo será muito grande?

Depende! Para pessoas bem ativas fisicamente, que fazem atividade física com intensidade alta, com uma biogênese mitocondrial bem estimulada, com uma capacidade enzimática detoxificante boa, se fez dieta 100% correta nos outros dias e for algo esporádico, o impacto será muito pequeno, muitas vezes apenas uma retenção hídrica que será eliminada em 2-3 dias com a volta da rotina planejada. Já para aquela pessoa com peso acima, sedentária, com indicadores inflamatórios alterados, resistência a insulina, gordura visceral, para essa pessoa sim o impacto será muito alto.

Engordei 3 kg após jacar, e agora?

Nem tudo isso você engordou, grande parte é retenção hídrica e glicogênio muscular/hepático.

Uma conta bem simples: para ganhar 1kg de gordura são necessários 7.700 kcal extras. Isso seria equivalente a 120 ovos inteiros, 1,5 kg chocolate 85% cacau, 2,7 kg picanha com gordura, 38 fatias de pizza, ou seja, é muita comida para ser consumida em uma única refeição. Acho que ninguém consegue comer isso, assim espero 😀

É claro que não podemos fazer apenas esse cálculo calórico pois tem outros fatores que impactam, como a insulina, inflamação, horário que você comeu, se tem algum polimorfismo para o acúmulo de gordura, etc. Só quero mostrar que muito do peso ganho não é gordura, em 2-3 dias com a rotina reestabelecida com atividade física tudo volta ao normal.

Quantas vezes posso jacar?

Acho engraçado, as pessoas muitas vezes começam uma dieta hoje e já querem jacar no final de semana. A resposta é simples: não vai jacar até uma parte dos resultados aparecerem, simples assim. Nas minhas condutas, EU libero 1 jacada a cada 7/15 dias, dependendo do paciente. O critério é simples, merecimento!

Eu sempre prego o equilíbrio. Eu não sou atleta e a maioria de vocês também não, então não precisa levar tudo a ferro e fogo, se privar tanto. Não caminhe nos extremos, ande sempre no meio, nem além nem aquém. Pra quem é atleta ou tem algum objetivo muito especifico, aí não tem jeito, vai ter que abrir mão de muita coisa.

Só não vale arrumar desculpinhas, escapar da dieta na sexta, sábado e domingo. Isso não é jacada, é burrice.

Muitas vezes essa flexibilidade garante o seguimento da dieta por um tempo maior. Tudo que é muito extremo não é duradouro. Lembre-se: “a melhor dieta não é a X nem Y, é a que o paciente consegue seguir por mais tempo”.

Só para finalizar. Eu não estou dando o aval para ninguém aí sair chutando o pau da barraca e jacar como se não houvesse amanhã. Seja inteligente e faça direito, com sabedoria e consciência que vai interferir nos resultados. Pode até não arruinar tudo dependendo da fase da dieta que esteja, mas vai sim(!) tornar os resultados um pouco mais lentos.

Gostou do texto? Tem algum assunto que gostaria de saber mais? Deixe suas sugestões!


Ramon R. Nicotari
Nutricionista CRN 31139

CONSULTAS

Piracicaba/SP
Clínica Luciano Bruno – Nutrição Eficiente
Endereço: Rua Tiradentes, 1200.
Telefone: (19) 3301-0150

Ribeirão Preto/SP
WhatsApp: +55 (16) 99241-9663
E-mail: ramon.rrn@gmail.com

REDES SOCIAIS

Facebook: Ramon Nicotari – Nutrição Inteligente
Instagram: @ramonnicotari

Curta e compartilhe!